quarta-feira, 26 de maio de 2021

Abusando da paciência de Deus


 

A paciência de Deus é aquela excelência que O leva a suportar grandes ofensas sem vingar-Se imediatamente ( A. W. Pink)

Tal como nos tempos de Noé, a paciência de Deus tem imperado no mundo. Todavia essa paciência não há de durar para sempre. O coração do homem continua endurecido levando-o a rejeitar as advertências de Deus, pois ao invés de se arrepender dos seus pecados - do adultério, fornicação, homossexualismo, homicídios, bebedeiras, etc. - se afundam cada vez mais neles e assim desprezam a graça e o perdão de Deus e zombam da Sua paciência.


O homem abusa da paciência de Deus quando se nega a arrepender-se dos seus pecados e se põe a viver no hedonismo, buscando seus próprios prazeres e satisfação própria. Seus corações se tornam cada vez mais empedernidos ao rejeitarem o sacrifício de Cristo na cruz. Mas Deus não se deixa escarnecer, tudo o que o homem plantar, isso também ceifará ( Gálatas 6.7).


Grande parte dos moradores da terra já ouviu o Evangelho e, portanto, tiveram contato com a verdade. Mesmo assim ignoram essa verdade para continuar vivendo no pecado. É dessa forma que atraem para si o juízo de Deus. (Romanos 1.32)


Por mais vil que tenham sido os contemporâneos de Noé, Deus, por meio da sua excelente graça, lhes deu oportunidades de arrependerem-se. Porém, deliberadamente, desprezando essa graça, preferiram permanecer em seus delitos, ofendendo assim profundamente a Deus.


Terminada a arca e Noé com sua família já dentro dela, Deus envia o seu justo e terrível juízo, aterrorizando e matando todos os moradores da terra, pois a despeito da paciência de Deus não se arrependeram de seus pecados. Além de Noé não havia em toda terra nenhum que fosse justo; todos desprezaram a benignidade de Deus e morreram em seus pecados sem a salvação da alma.


Hodiernamente não tem sido diferente dos dias passados. O pecado continua alastrando e se enraizando mais profundamente no mundo. O mundo tem abusado e zombado da paciência do Todo Poderoso, mas em breve e repentinamente virá o juízo. Por enquanto a Graça ainda está disponível. Se você está vivendo desgraçadamente no pecado arrependa-se já, ou o terrível e justo juízo de Deus te esmagará.


Quão maravilhosa é a paciência de Deus com o mundo hoje! Por toda parte as pessoas pecam a peito aberto. A lei divina é pisoteada e o próprio Deus é desprezado abertamente. É deveras espantoso que Ele não elimine de vez aqueles que tão descaradamente O desafiam. Por que Ele não corta da face da terra o infiel insolente e o escarnecedor verboso, como fez com Ananias e Safira? Por que não faz a terra abrir a boca e devorar os perseguidores do Seu povo para que, à semelhança de Data e Abirão fossem vivos para o Abismo? E que dizer da cristandade apóstata, em que todas as formas de pecado possíveis são agora toleradas e praticadas sob a capa do santo nome de Cristo? Por que a justa ira do Céu não põe fim a tais abominações? Somente uma resposta é possível: porque Deus tolera com muita paciência os vasos da ira, preparados para perdição (Romanos 9:22).



Priscila G de Oliveira

______________

*Os trechos em itálico foram retirados do livro Os Atributos de Deus de Arthur. W. Pink

2 comentários:

  1. Paz Priscila, gostei do reflexão sobre Noé, estou com uma mensagem para pregar neste tema, bênção de Deus; ficou top!!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e com palavras de baixo calão não serão publicados.