terça-feira, 15 de agosto de 2017

Faz-me mais grato a Ti, Senhor

Às vezes tudo o que sabemos fazer é reclamar e murmurar da vida, dos problemas do dia a dia, da família, das dificuldades, e de uma infinidade de outras coisas. Quase nunca estamos contentes e satisfeitos com o que temos, ou então queremos ter o que não precisamos. A verdade é que toda essa insatisfação e descontentamento, infelizmente, move o nosso lado interesseiro e nos leva a ir a Deus somente para pedir-Lhe coias, no entanto, ignoramos o fato de que Deus não é nosso servo e não tem absolutamente nenhuma obrigação de satisfazer os nossos desejos nem necessidades.

Não quero que essa afirmação te leve a duvidar da bondade de Deus, pois sim, Deus é infinitamente bom e a bondade é um dos seus muitos atributos. Mas não é porque é bondoso que Ele nos dará tudo o que queremos.  Seremos mais felizes se deixarmos de lado o nosso querer para nos submetermos a agradável e perfeita vontade do Senhor,  nos contentando com a Sua presença e sendo agradecidos por seu amor e misericórdia em todo tempo e em todas as circunstâncias. 

A grande maioria das pessoas manifesta sua gratidão ao Senhor apenas quando alcançam algo que tanto queriam, quando não, sentem raiva e insatisfação.  Mas os verdadeiros cristãos, que amam de verdade a Deus, manifestam sua gratidão não apenas quando sua oração é atendida ou apenas em circunstancias felizes da vida, mas também na hora da dificuldade e tribulação, pois sabe que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus. (Romanos 8.28)


O cristão sabe que ter tudo (bens materiais, dinheiro,etc) não é sinônimo de felicidade, se fosse assim, por que muitos ricos são melancólicos, infelizes e depressivos? Muitos têm tudo, mas ao mesmo tempo não tem nada, porque sem Cristo, nada vale a pena. Diferentemente, nós, eleitos de Deus, não precisamos de muita coisa para ser felizes e gratos. Mesmo  que não gozemos de muita saúde; mesmo que nossas condições sejam poucas, ainda assim nos alegramos porque temos o maior Tesouro que é Jesus. Muitas coisas Ele tem feito por nós, por isso, a nossa gratidão precisa ser manifesta em todo tempo.


''Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito?'' (Salmos 116.12)


Deus já nos deu mais que o suficiente, na verdade, Ele próprio é suficiente para nós. Ele nos basta, a graça d'Ele nos basta (2 Coríntios 12.9)! Ele nos salvou nos resgatou das trevas e nos deu direito de sermos chamados seus filhos (João 1.12). E Ele fez isso por sua livre e soberana vontade (Efésios 1.5), pois não tinha nenhuma obrigação de nos salvar e nem nos dar nada, portanto, toda a glória seja dada eternamente a Ele por sua imensa bondade, graça, e também pela grande salvação que nos deu.

A verdade é que a grande maioria dos crentes é tão indiferente a isso que nem mesmo se importam em agradecer ao Senhor por esse grande presente que é a nossa salvação, isso é porque não entendem o quão terrível era o seu estado. Antes de sermos chamados por Cristo, estávamos separados de Deus por causa do pecado, estávamos condenados e debaixo da ira de Deus; merecíamos o castigo e a condenação eterna; mas Cristo, o Unigênito do Pai, se ofereceu a morrer por nós. Ele morreu a nossa morte, levou sobre si os nossos pecados, foi ferido e moído pelas nossas transgressões (Isaías 53.5), e por suas pisaduras fomos sarados. Por causa do que Ele fez fomos reconciliados com Deus e, agora, podemos nos achegar ao trono da graça com confiança. (Hebreus 4.16). 

Será que isso não motivo suficiente para sermos mais que gratos? Saiba que não foi pequeno o que Deus fez por nós, portanto, seja grato por isso e contente-se com o que Ele já te deu! O que temos ou o que deixamos de ter não se compara ao que Ele nos deu gratuitamente.

Em todo tempo temos de lembrar o que o Senhor fez por nós; precisamos nos lembrar de onde Ele nos tirou ''...de um poço de perdição, de um tremedal de lama''  (Salmos 40.2); Ele colocou os nossos pés sobre uma rocha e firmou os nossos passos.  O que mais Ele fez graciosamente por nós? Transportou-nos das trevas para o reino do seu Filho amado (Colossenses 1.13). 

Isso já é o bastante para nos motivar a agradecê-lo, em todo tempo. 

Quando se entende que não merecíamos nada disso, que nada de bom havia em nós para que Deus nos escolhesse (Salmos 14.2; Romanos 3.10, 11), e que não existe nada bom em nós que tenha atraído o amor d'Ele a nósa nossa atitude muda, e então, não paramos de agradecer um só instante ao Senhor por todos os benefícios que nos deu. 

Seja sempre grato por fazer parte dos eleitos de Deus, daqueles que foram escolhidos para herdar a vida eterna. Seja grato.

Por fim, medite na letra desse louvor da Harpa Cristã, n° 370

- Priscila Gomes

4 comentários:

  1. Glória a Deus! Honra e louvor ao Deus Todo Poderoso! Que benção irmã, louvado seja Deus. Fico sempre feliz em vir aqui e ler estes textos, sempre claros e com uma visão tão parecida com a que eu mesmo tenho. Cheios de sabedoria e luz do Espírito Santo. Se houvessem mais blogs assim... Espero que não me ache chato, já que tenho comentado sempre por aqui, mas me tornei visitante frequente. Que a graça de Deus abunde em nossos corações e Sua doce voz nos guie sempre.Nossos joelhos sempre se curvem para engrandece-Lo e nossas bocas não cessem de louvar e bendizer. Deus abençoe todos nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluia!
      É sempre um prazer ler seus comentários, Lucas! Sinta-se a vontade para comentar quando quiser!
      Graça e Paz! ;)

      Excluir
  2. Nossa, gostei muito do seu texto, cheio de referencias, meus parabéns!
    Eu achei umas frases evangélicas bem lindas neste site, dê uma olhada depois, pode te ajudar a inspirar para um outro texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soli deo Gloria!
      Obrigada pela visita , Dani. Um abraço! ;)

      Excluir

Comentários ofensivos e que contenham palavrões não serão publicados.