quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Para onde vai o ímpio e o crente após a morte?

Não é pouco o número de pessoas no mundo que sentem medo de morrer, e até mesmo algumas pessoas cristãs não gostam muito de falar sobre a morte. Mas a morte é uma realidade e é também  a consequência do pecado do homem. Depois que o homem pecou a morte passou a existir. 

Por não saber o que exatamente acontece após a morte, muitos têm medo e até mesmo evitam falar sobre ela. Mas, o que acontece depois que morremos? Será que existe vida após a morte? A resposta é SIM! Ainda que você não acredite, a nossa alma é eterna e só existem dois destinos para ela: o céu ou o inferno. Não existe outro lugar! Não existe purgatório!

A morte se dá quando o espírito se separa do corpo.  Um corpo sem o espírito é um corpo morto, não tem vida, só serve para ser enterrado. Reparem que o corpo perece, volta ao pó (Gêneses 3.19), já a alma sobrevive a morte física. Um grande número de pessoas no mundo todo acredita que tudo acaba após a morte - os sofrimentos, as doenças, tristezas, etc. Mas será que isso é verdadeiro? Depende. Mas, do quê depende? Calma, continue lendo. 

Saiba que após a morte não perdemos a consciência, não fica tudo escuro, tudo apagado como se estivéssemos dormindo; o nosso espírito continua totalmente consciente. Existem dois lugares: o Seio de Abraão e o Hades. O Seio de Abraão é um lugar onde os salvos aguardam a ressurreição dos justos. Este é um lugar de descanso e onde os santos são consolados de todas as suas tribulações. (Lc 16. 19)

O Hades (em grego) ou Sheol (em hebraico) é um lugar onde os ímpios aguardam o julgamento de Deus. Este é um lugar de tormentos, de dor, de sofrimento. Diferente do que muitos pensam, o inferno não é um estado de espírito, pelo contrário, o inferno é um lugar. Este lugar é destinado a todas as pessoas que não obedeceram ao evangelho e que não quiseram receber ao Senhor como seu Salvador. Ambos, o Seio de Abraão e o Hades são lugares invisíveis, porém reais.

 É impossível falar no inferno sem citar a parábola do rico e do mendigo

"Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia  cheio de chagas à porta daquele; e desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. e aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no Ades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. E disse ele: Rogo-te pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. E disse ele: Não! pai Abraão; mas, se algum dos mortos fosse ter com eles arrepender-se-iam. Porém Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite" (Lucas 16:19-31).

Com essa parábola Jesus nos ensina que existe vida após a morte. Podemos reparar que a pessoa que vai para o inferno fica consciente, ela vai saber que está no inferno, ela sentirá dor e sede, assim como o rico aí da parábola.

Diferente do ímpio, o crente não precisa temer a morte, pois sua alma irá Seio de Abraão, este é um lugar de paz e descanso onde todos os que morreram em Cristo estão aguardando a ressureição dos justos. Para o Senhor a morte de um servo seu é muito preciosa (Salmos 116.15). Já sobre a morte de um ímpio, a Bíblia diz outra coisa. Deus não tem prazer na morte do ímpio, mas deseja que eles se convertam dos seus maus caminhos (Ezequiel 33.11)

Quem irá para o inferno? Os idolatras, os feiticeiros, os beberrões, os mentirosos, os fornicadores, os cães (Apocalipse 22.15), todos os que praticam tais coisas não herdarão o reino de Deus, antes, como afirma a Bíblia, serão lançados no inferno. 

Jesus falou muito sobre o inferno, e se ele falou tantas vezes sobre esse lugar é porque ele realmente existe. Infelizmente muitos não acreditam na existência do inferno, e só irão acreditar quando já estiverem lá. A Bíblia é fiel, infalível, inerrante, imutável e inspirada por Deus. Muitos dizem que a Bíblia é um livro de contos de fadas e acreditam que tudo o que está registrado nela é fantasia, e por pensarem assim, fazem troça com os cristãos que acreditam nela, mas não sabem eles que estão correndo um sério perigo.

Querido leitor, se você não acredita na realidade do inferno, passe a acreditar. Mas mesmo que você não acredite, ele existe, crendo você ou não. Tem uma coisa que quero perguntar a você: Como anda a sua vida? Será que você está preparado para morrer? Qual será o seu destino após a morte? Não sabemos o  que nos sucederá  amanhã. Tenha em mente que a qualquer momento podemos ser surpreendidos pela morte. E qual será o destino da nossa alma? 

Pare de se ocupar em demasia com as coisas deste mundo. Se arrependa dos seus pecados, perdoe o seu irmão enquanto você ainda respira. Abandone as praticas pecaminosas - fofocas, mentiras, calúnias, vício em cigarro, pornografia, bebidas alcoólicas. Tudo isso são coisas do mundo. Lembre-se, toda vez que você levanta da sua cama é uma oportunidade que Deus está lhe dando para se consertar, se arrepender, perdoar. Deixe o mundo para lá. Preocupe-se com a sua alma, com a sua salvação. Não prefira desfrutar das coisas temporais deste mundo; o mundo não e eterno, a sua alma é. Jesus te ama e deseja te salvar. 

Pense nisso: Onde você vai passar a eternidade? ETERNIDADE!

''Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto'' (Isaías 55.6).

-Priscila Gomes


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

O lugar que Deus escolheu para habitar

''Assim diz o Senhor: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés. Que casa me edificaríeis vós? E que lugar seria o meu descanço''? (Isaías 66.1)

''O lugar que Deus escolheu para habitar'' não é um templo feito por mãos de homens. Por mais luxuoso e perfeito em detalhes que ele possa ser.  Pode ser até mesmo o maior que existe em todo o mundo, não importa, Deus não habita nele.

Deus é infinito, e não há templos que se possa fazer para que Ele habite. O templo de Deus somos nós; o nosso corpo é o templo do Espírito de Deus. Muitas pessoas confundem templo com igreja. Templo não é igreja, a igreja de Cristo não é composta de tijolos, argamassa, cimento, porcelanatos, gesso, bancos não, nada disso. O lugar onde Deus habita é dentro de nós.

O templo é APENAS um lugar para adorarmos a Deus em comunhão com os nossos irmãos, em coletividade. Deus está no templo enquanto a sua igreja, que somos nós, está lá. Mas depois que saímos de lá, ele também sai; não pense que Deus vai ficar lá te esperando até o próximo culto, porque ele não vai.

Quando eu ouvi a frase ''O lugar que Deus escolheu para habitar'', se referindo ao Templo de Salomão, dita por um bispo da IURD, fiquei boquiaberta. Como podem ser tão ignorantes? Será que eles não lêem a Bíblia, ou será que a Bíblia deles é diferente da minha? Acho que eles nunca leram este versículo:

''O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo SENHOR do céu e da terra, NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS POR MÃOS DE HOMENS'' (Atos 17.24)

Nós servimos ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó, o Criador do mundo. E Ele diz em sua palavra que NÃO mudou e nunca mudará (Malaquias 3.6), e sendo assim, ele continua NÃO habitando em templos feito por mãos de homens.

Deus não olha a grandeza de templos.. e também não impõe regras de como as pessoas devem chegar à ele. Deus abraça e beija um mendigo sujo e fedorento do mesmo modo que ele abraça um rico cheiroso. Deus diz: ''Venha como estás'', e não ''venha a mim como se fosse se encontrar com alguém muito importante'' Será que um mendigo, sedento de Deus, seria bem recebido no ''Templo de Salomão''? Será? Acho que não, lá tem regras a serem obedecidas, as pessoas serão revistadas. Pra que isso? É o cúmulo do absurdo!

Nenhum templo vai subir no arrebatamento, eles vão ser deixados aqui; quem vai subir é a igreja, a noiva de Cristo. Temos que nos preocupar em ganhar almas para Cristo, e aceitar em nosso meio pessoas de todas as classes sociais, ricos, pobres, mendigos. Deus ama a TODOS.
Jesus está voltando.

''O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo SENHOR do céu e da terra, NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS POR MÃOS DE HOMENS'' (Atos 17.24)

Nunca esqueça meu querido(a), o lugar que Deus escolheu para habitar é VOCÊ.

- Priscila