quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Pare de Julgar

Julgar, julgar e julgar é isso o que sempre fazemos. Julgamos pela aparência, pela jeito de andar, de falar, de agir, julgamos as pessoas pelo seu jeito de ser, enfim, pensamos que somos juizes. Não sejamos hipócritas em dizer que nunca julgamos a ninguém, ainda que ''sem querer'', agente sempre acaba por julgar as pessoas.

Você deve estar cansado (a) de ouvir ou ler de que ''julgar as pessoas é errado'', mas por mais ouçamos ou leiamos, nunca deixamos de julgar as pessoas, não é? Precisamos orar mais e pedir a Jesus que nos liberte.

Não se deve tratar as pessoas de modos diferentes. Uma pessoa rica não deve ser tratada melhor que um pobre, ambos devem ser tratados de maneira igual. Desonrar uma pessoa por ser pobre é pecado, é falta de amor. A Bíblia diz que Deus escolheu os pobres deste mundo para serem ricos na fé.

A aparência para Deus não significa nada. Para Deus não existe pessoas feias, para Deus TODOS são lindos e lindas. Deus não quer a nossa aparência. E por que nós, que não somos Deus, nos importamos tanto com a aparência (dos outros)? É claro que as pessoas precisam se cuidar, é importante estar limpo e bem arrumado. Quando as pessoas se importam com a sua própria aparência e cuidam dela, é sinal de que ela se ama. Mas e quando a pessoa não tem boas condições financeiras e não tem dinheiro para comprar uma roupa ou um calçado, ou uma bolsa de marca, ela deve ser julgada por isso? Claro que não! 


Certamente as aparências enganam, quantas vezes você já julgou um livro pela capa, e só depois de tê-lo lido você reconheceu que estava errado(a), e se arrependeu de não ter lido o livro antes? É exatamente assim que acontece quando julgamos as pessoas por sua aparência. Às vezes as coisas não são o que parece. Por isso, PARE DE JULGAR!

Ame a todos, não faça acepção de pessoas. Quem faz acepção de pessoas está transgredindo a lei do amor.