quinta-feira, 25 de julho de 2013

Tenha tempo para Deus


Se pararmos para pensar um pouco sobre o nosso tempo chegaremos à conclusão de que ele é curto demais. Até parece que o dia não tem mais vinte e quatro horas. E durante o dia, são tantas e tantas coisas para fazer que, na verdade, não vemos nem o tempo passar, de forma que deixamos de fazer várias coisas importantes na nossa vida, como por exemplo, nossas atividades espirituais.

Em meio a tantas coisas para fazer, tantas coisas para se preocupar, tantas coisas para pensar,  como encontrar tempo para Deus? Como encontrar tempo para ler a Bíblia, orar, jejuar, se santificar, se consagrar, se o tempo que temos é demasiadamente curto?

Há muitas pessoas que se envolvem tanto com o trabalho e com os estudos que acabam se esquecendo de que existem outras coisas. Elas doam todo o seu tempo para se dedicarem apenas a estas coisas temporais. Logicamente que estudar e trabalhar é bom e é preciso, portanto, devemos sim nos dedicar ao trabalho e ao estudo; mas é preciso haver equilíbrio, devemos fazer estas sem nos esquecer daquelas.

Ter tempo para Deus é muito importante, às vezes é preciso que deixemos de lado, por algumas horas, as preocupações e os afazeres diários para nos dedicarmos um pouco a Deus. A nossa vida espiritual depende da nossa comunhão com Deus; depende da nossa vida de oração, do tempo que disponibilizamos para estarmos com Ele.

Como poderemos viver abundantemente e em novidade de vida se não temos tempo para Deus? O que é mais importante, os bens materiais que são temporais ou a nossa salvação? Como poderemos ser renovados por Deus se nem tempo para orar temos?

Muitos estão morrendo espiritualmente, e já não é preciso dizer o porquê. Nós, como cristãos precisamos incluir Deus em nosso tempo e em nossos planos, precisamos buscar a face dele. 

Sendo assim, não fique direto nas redes sociais, cuide do seu bem estar espiritual. Essas coisas são boas, não nego, mas são temporais e na verdade não edifica a ninguém. O que nos edifica é a palavra de Deus.

Se você que ter um relacionamento mais profundo com Deus gaste tempo com Ele. Não se contente com um relacionamento medíocre e superficial. Esqueça um pouco das coisas passageiras desta vida e busque ao Senhor, busque a ele, e viva em abundância.


- Priscila Gomes

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Esperar no Senhor

Esperar no Senhor não significa deitar na cama e ficar esperando a benção dele cair do céu. Esperar no Senhor não significa cruzar os braços e deixar as coisas acontecerem sem ter de fazer absolutamente nada. Não, não desta forma que se espera no Senhor.

Olha o que diz em Salmos 37: 34

''Espera no Senhor, SEGUE SEU CAMINHO, e ele te exaltará...''

Enquanto esperamos no Senhor devemos seguir o seu caminho e fazer a sua vontade. Quando se diz ''esperar no Senhor'' quer dizer esperar ''mentalmente'', ou seja, não ficar preocupado, quer dizer estar com a mente tranquila. Há pessoas que estão há tanto tempo esperando por uma bênção do Senhor e ainda não a receberam, mas estão tranquilas, porque sabem que no devido tempo Deus as exaltará.

''Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará'' (Salmos 37: 5.)

quando você decide entregar o seu caminho ao Senhor mais ele fará por você. Tudo o que tem em seu caminho Deus fará prosperar porque você  confiou  o seu caminho a Ele e O entregou. 

Se você está esperando uma bênção do Senhor não desanime se o tempo está passando e as coisas aparentam estarem piores a cada dia. Deus tem um propósito para tudo.  Deus não atrasa jamais, tudo é no tempo certo.  

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Namorando a pessoa certa

Nos tempos bíblicos os jovens não tinham a liberdade de escolherem para si o próprio conjuge, pois o casamento  era arranjado pelos pais.
Quem se lembra de Isaque e Rebeca? Ambos tiveram tempo de se conhecerem e de conversarem antes de casarem, pois como mencionado, o casamento era arranjado pelos pais dos noivos; assim era a cultura daquela época.

Imagine se casar com uma pessoa que você não conhece; com uma pessoa que você nunca viu na vida? Parece ser meio estranho, não é? Mas foi isso mesmo o que aconteceu. Isaque e Rebeca só se conheceram no dia do casamento; entretanto, deu tudo certo pois o próprio Deus estava no controle.

Nos dias que correm, é muito comum os jovens escolherem o parceiro ou parceira ideal para se casarem. Isso é absolutamente normal e conselhável. Pois você, sendo cristão(a) não escolhera um(a) parceiro(a) que não tenha a mesma fé que você. Reparem que Abraão mandou que Eliezer fosse buscar uma esposa para Isaque no meio do seu próprio povo.

No namoro é muito importante observar a pessoa com quem você namora. Precisa observar se ele(a) tem um bom caráter, se é respeitador(a), se é agressivo(a), grosseiro(a), se gosta de trabalhar; se tem compromisso com Deus, com a igreja, família, etc. É preciso observar o comportamento em geral do parceiro(a).

Sabemos que não se deve escolher uma pessoa focando apenas para a aparência física. Nada disso. O que vale não é o corpo, e sim o caráter. Quando a beleza física se desvanecer, a única coisa que restará será o caráter. Se você escolhe namorar alguém somente porque ela ou ele possuí um corpo bonito, mais tarde ao se casarem, podem se decepcionar, pois o nosso corpo muda com o passar do tempo. A beleza física não é, e nem nunca foi garantia de um casamento bem sucedido.

Meu conselho para as meninas é: observar muito o rapaz que te interessa. Observe-o atentamente e muito bem enquanto estiver namorando. Pois quando você se casar não poderá pedir divórcio, a não ser em caso de traição. Creio você já ouviu que o divórcio começa no namoro, e isso está correto. Se o namoro é cheio de crises, brigas, e ciúmes, não pense que casando tais problemas desaparecerão como num passe de mágica, tome cuidado, seja sábia.

O seu namorado precisa te tratar com todo o respeito, não exigindo nada que você não possa dar. Se o seu namorado não te respeita e te trata de uma maneira desagradável, está mostrando que ele não é um bom partido e que também não será um bom marido para você. Seu namorado primeiramente precisa e deve te respeitar, e se nem isso ele faz, corra dele imediatamente!

Moço, ao escolher a sua futura esposa, verifique primeiro as qualidades dela. Ela é caseira? Ajuda a mãe nos afazeres de casa?  É preguiçosa? Será que ela sabe cozinhar? Dorme até meio dia? Se as 'qualidades' dela forem estas, significa então que ela não está preparada e nem é madura o suficiente para se casar. A mulher precisa ser submissa ao seu marido, assim como a igreja é submissa a Cristo. A mulher precisa ter toda a disposição e alegria para cuidar da casa, do marido e ainda educar seus filhos na presença do Senhor. Ela deve ser piedosa, amável e dedicada; enfim, uma mulher bíblica. Essas são a responsabilidades de uma boa esposa.

Tome cuidado ao escolher o seu parceiro(a), lembre-se sempre que casamento é para a vida toda, e que somente a morte pode separar um do outro.


- Priscila Gomes

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Fugindo das Paixões da Mocidade

A juventude nos dias atuais têm enfrentado grandes dificuldades e tentações em quase todas as áreas da vida e, infelizmente, muitos por não estarem enraizados e alicerçados em Cristo caem nas armadilhas de Satanás.

O apóstolo Paulo adverte seu filho na fé, Timóteo, a fugir das paixões da mocidade, veja:

''Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor''. (2Timóteo 2:22).

Sabemos que nós, jovens, somos o alvo do Diabo, ele não mede esforços para acabar com a vida da juventude; ele tem enganado, seduzido e destruído a muitos.

Timóteo era um jovem obediente, ele foi posto como líder, enfrentou oposições e muitas dificuldades, principalmente por ser jovem. Todavia, apesar de tudo, não deixou de ser fiel e ouvia sempre as instruções do apóstolo Paulo.

Paulo advertiu Timóteo a fugir das paixões da mocidade. Mas o que é fugir? Fugir é ''correr, afastar-se, desviar-se apressadamente para escapar (a alguém, algum perigo, ou de algum lugar)''. Bom, é assim que se foge.

Mas e agora, o que são paixões da mocidade?

Paixões aqui não está se referindo apenas a relacionamentos entre um jovem e uma jovem, mas sim de todos os tipos de paixões. Estamos em constante luta contra a nossa carne, contra o Diabo e contra o mundo, estes são os nossos piores inimigos. O Diabo sabe do que a juventude gosta, e ele aproveita isso para tentar tirá-los dos caminhos do Senhor.

Desejos desenfreados, pensamentos pecaminosos, vontade intensa de satisfazer a carne etc... tudo isso são paixões da mocidade, e é contra essas coisas que devemos fugir! Reparem que o apóstolo não disse para resistirmos, mas sim para fugirmos!

Devemos fugir dessas coisas; precisamos nos afastar dessas paixões e correr para os braços do Senhor e praticar a justiça, a fé e o amor e a paz.

Só conseguiremos fugir dessas paixões à medida que nos aproximamos de Deus, e para nos aproximarmos de Deus precisamos matar a cada dia o nosso ''eu'', a nossa carne, a nossa vontade, o nosso orgulho, e permitir que a vontade de Deus prevaleça em nossa vida.

- Priscila Gomes