quinta-feira, 20 de junho de 2013

Você tem a mente carnal ou a de Cristo?


Quem tem a mente carnal preocupa-se principalmente com as coisas efêmeras deste mundo como dinheiros, casa, carros, festas, roupas, sapatos etc, etc,etc... busca o seu próprio prazer, mas não tem o prazer na Lei do Senhor.

Tais pessoas raramente (ou nunca)  oram, louvam, e adoram ao Senhor de coração, por quê? Porque elas tem a mente carnal!

No culto, ao invés adorar a Deus estão com suas mentes lá fora. Como diz um certo presbítero da minha igreja, são crentes ''girafas''; só estão com o corpo dentro do templo, porém com a mente voltada para as coisas deste mundo.

Aquele que possui a mente carnal não pensa nas coisas que são do alto; não pensa na vida eterna, não pensa em Deus, não se preocupa com a vontade de Deus, não mostra prazer ao trabalhar para o Senhor, por quê? Porque possui a mente carnal.

Aquele que possui a mente de Cristo pensa nas coisas que são do alto. É claro que ele se alegra em viver, em conquistar, etc, a diferença é que ele procura fazer essas coisas na direção do Espírito Santo, não buscando o prazer próprio e não procurando agradar a si mesmo, mas procurando agradar ao Senhor.

Quem possui a mente carnal se conforma com as coisas deste mundo, se preocupa em demasia em se satisfazer. Quem possui a mente carnal tem medo da morte. Será que ele não tem a certeza da sua própria salvação? Não. Por quê? Porque ele tem a mente carnal.

Os que tem a mente de Cristo,  alegram-se ao pensar que está próximo o dia dele se encontrar com Cristo. Ele não tem medo da morte porque ele sabe que, ''o viver é Cristo, e o morrer é ganho''.(Filipenses 1:21).

Aqueles que realmente possui a mente de Cristo, ama a Ele de todo o coração, e você, possui a mente carnal ou a de Cristo?

sábado, 8 de junho de 2013

Bonito, Desejável e atraente - O pecado!


A natureza de Deus foi, é e sempre será SANTA. Deus é totalmente contra o pecado, porque o pecado é imundo, sujo e abominável, portanto, não fez, não faz e nunca fará parte da natureza de Deus. Quando uma pessoa peca, automaticamente ela está se rebelando contra Deus.

O pecado ao olhar humano parece bonito, agradável e desejável (Gêneses 3:6). Uma pessoa só é tentada a praticar algo ao olhar para aquilo que lhe atrai. Eva foi tentada por algo que a atraia: o frutinho da árvore proibida! Ela viu que a árvore era boa, desejável e agradável, não resistiu, e comeu o fruto da árvore proibida.

Quando Eva comeu o frutinho os seus olhos foram abertos, e isso o que acontece com agente também, quando caímos em tentação e pecamos, os nossos olhos se abrem, e então podemos ver que não fizemos bem ao pecar. Um terrível sentimento de vergonha nos sobrevém quando pecamos, assim como aconteceu com Adão e Eva.

A Palavra de Deus diz que o pecado afasta o homem de Deus (Isaías 59:2). Então, quando pecamos, nos afastamos de Deus, porque é isso que o pecado faz: afasta-nos de Deus.

Eva deu o frutinho a Adão, e ele junto com ela o experimentou. Mas ele experimentou porque quis. Ele poderia ter se negado a comer o frutinho que Eva lhe deu. E também poderia ter advertido Eva a não comer do fruto; mas infelizmente, não foi isso o que ele fez, simplesmente comeu junto com ela...

Com você e comigo acontece o mesmo. O inimigo nos apresenta o fruto(pecado). Nós faz duvidar da palavra de Deus. Ele faz o fruto parecer bonito, agradável e desejoso aos nossos olhos; pois, ele sabe que não temos a capacidade de vermos o que está por trás do frutinho(pecado), que parece, apenas parece ser bom.

Quando o Diabo nos apresenta o frutinho(pecado), ele nunca fala das consequências que nos sobrevirão ao experimentarmos o ''delicioso'' frutinho, as consequências são: perda da comunhão com Deus, morte espiritual, sentimento de vergonha, etc..

Todos nos somos tentados, mas Deus nos manda resistirmos a tentação, é só agente fazer uma forcinha que conseguiremos.

O pecado exteriormente aparenta beleza. Só que essa beleza para Deus é abominável e milhares de vezes feia. Você e eu como filhos santos de Deus, devemos também odiar o pecado.

O nosso Pai(Deus) se entristece muito quando um de seus filhos peca, porque ele sabe que, o filho que pecou passará a não ter mais comunhão com ele, isto é, se não se arrepender de coração e buscar o seu perdão.

Lembre-se, que ao pecar, automaticamente você se desliga de Deus. Então não peque, e se porventura você pecar, seu advogado é JESUS! (1João 2:1).

sábado, 1 de junho de 2013

Olhai para as aves do céu



Olhai para as aves do céu.... quão belas são. Um belo exemplo do cuidado de Deus são as aves. Essas criaturas não trabalham, não semeiam,  não segam, e nem ajuntam (Mateus 6:26). Elas não tem preocupação com o dia de amanhã pelo que haverão de comer porque é Deus que cuida delas!

Não são poucas as vezes que andamos ansiosos quanto às coisas materias da nossa vida. Preocupamo-nos  com uma infinidades de coisas materias a ponto de esquecermos  que Deus cuida de nós. Como somos feitos de carne e osso, nos preocuparemos sim com a nossa vida, com as nossas necessidades e com o nosso futuro; todos nós, sem exceções nos preocupamos com essas coisas.

Só que em meio a tantas preocupações não podemos jamais nos esquecer da bondade de Deus. Ele cuida de nós. Quando deixamos a ansiedade e a preocupação nos abraçar, demostramos com isso que não confiamos em Deus.
Deus nos promete proteção, sustento, graça e muito mais. Enquanto vivermos nesta vida aqui na terra dependeremos da infinita misericórdia de Deus. Pelo fato de não sermos autosuficientes não poderemos nós mesmos sem a ajuda de Deus suprir todas as nossas necessidades; dependeremos sempre da ajuda de Deus (Jó 26:2: Isaias 50:7).

O Senhor veste a erva do campo... Pense um pouco, se Ele cuida até da erva do campo cuidará muito mais de nós que valemos mais do que a erva. Valemos mais do que as aves, e mais do que as ervas do campo. Assim sendo, por que nos preocuparmos demasiadamente com o que comeremos, com o que vestiremos, com o que faremos, se sabemos que Deus cuidará de nós? Não há necessidade, não é?
Todos os dias recebemos um presente de Deus, recebemos todos os dias a sua graça, o seu amor, o seu sustento, o folêgo de vida, sua proteção, sua misericórdia, o seu auxílio, tudo isso são provas do cuidado e amor de Deus conosco.

Não tenha dúvidas que Deus cuida de você. Não fique inquieta(o) com o que você comerá ou vestirá amanhã. Deus sabe que você precisa de tudo isso (Mateus 6:32). Busque em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua Justiça, e ele nos promete que todas essas coisas nos serão acrescentadas.

''Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo porém sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças'' (Filipenses 4.6)

Priscila Gomes