domingo, 3 de março de 2013

Portador de más notícias


Ele era apenas um menino tímido que não sabia falar, mas que foi chamado por Deus desde o ventre de sua mãe para ser o ''portador de más notícias'' para um povo. Jeremias pregou para um povo cego e surdo, espiritualmente falando.
“Ouvi agora isto, ó povo insensato, e sem coração, que tendes olhos e não vedes, que tendes ouvidos e não ouvis.”(Jr 5:21).

Tinham olhos mas não enxergavam e ouvidos mas não ouviam! Não foi fácil o ministério de Jeremias como profeta, Deus o avisou que não seria fácil. Ele foi odiado pelos povos e até mesmo por sua família, pois as mensagens dele eram sempre duras. Imagine Jeremias pregando para o povo o que Deus havia ordenado, e eles passando por Jeremias como se ele fosse um homem invisível... imaginou? Era isso mesmo o que acontecia, eles não davam ouvidos a voz de Deus; eles sabiam que Jeremias estava certo, só que não davam o braço a torcer.

Jeremias sofreu bastante e até ficou conhecido como o ''profeta das lágrimas''. O profeta até tentou interceder a Deus pelo povo, mas veja o que Deus disse:
"Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes, porque eu não te ouvirei" (Jr 7.16.). Leia o restante dos versículos e ficará claro o porquê Deus não ouviu a oração do profeta.
É assim mesmo. Em nosso ministério enfrentaremos oposições e perseguições, e corremos o risco de sermos odiados e desprezados, assim como foi com Jeremias, mas não devemos recuar. Se foi Deus que nos mandou ir, então vamos, não importa o que enfrentaremos, Deus estará conosco.
Devemos abrir a nossa boca e pregar as verdades do Evangelho, e não o que o povo deseja ouvir, mas sim o que Deus nos manda falar, a Sua palavra, pura, verdadeira, santa e imaculada.
Não se importe com o  que vão achar de você, o que importa é obedecer a Deus. Não vale massagear o ego de ninguém, se Deus mandou tocar na ferida, então toque sem medo.

-Priscila Gomes