sábado, 12 de janeiro de 2013

Ponto Negro




Um dia eu estava lendo um certo livro bem interessante, e chamou-me a atenção uma pequena parte - vou resumir para vocês essa pequena história. Um professor entregou aos seus alunos uma folha em branco com um pequeno ponto negro no centro.Quando o professor terminou de entregar a folha aos alunos, pediu para que os mesmos descrevessem o que eles viam na folha. E cada um, com suas palavras começaram a descrever o que viam na folha; até que todos terminaram e o professor começou a ler em voz alta para a classe o que os alunos haviam descrevido. Todos os alunos focaram apenas no ponto negro da folha. Reparou o professor também, que nenhum dos alunos haviam percebido, que a maior parte da folha estava em branco!
 Daí podemos extrair uma lição...

É assim na vida de muitas e muitas pessoas que passam por pequenos problemas, pequenas adversidades, pequenas provações, elas focam principalmente nestas pequenas coisas de ruins que estão passando, e não percebem, não conseguem enxergar tudo de bom que tem acontecido ao redor delas. Elas só conseguem enxergar o ''ponto negro'', que é só um pequeno ponto, e esquecem-se das demais coisas positivas que tem acontecido! É isso queridos amigos e leitores, não centralize apenas nos pontos negros da vida, observe que você tem um folha em branco! Veja, você tem um pequeno motivo para chorar? Repare então que você tem motivos maiores para sorrir! 

Não deixe que os pequenininhos pontinhos negros povoem sua mente querido, não se esqueça que esses pontinhos são coisas míninas. Compare esses ''pontos negros'' com todas as coisas boas que você tem vivido diariamente, e aí sim, você terá a certeza que esses pontinhos são coisas mínimas!